Sim, aqui estou.

... morrendo de amores, sonhando com flores azuis.
Aqui deixado, sou só espera,  um sonho sem fim.
Você não vem, se vem, não me olha, é o fim.
Eu, sempre tão seu, perdido no tempo, vento, espaço, noite, dia...
No vago, não me acho, nem te encontro, não tem volta.
Vou embora, agora, só, para além daqui...

Sim, não estou aqui.


0 comentários:

Postar um comentário

Ana Laurentino. Tecnologia do Blogger.