Vento Volta

Quantos dias sem te ver,
já não me bastam os sonhos, nem os devaneios.
Me esvazio a cada partida,
me falta ar, prazer e alegria.
Parece que minha alma te procura
e se perde no caminho.
Mas sempre aguarda aqueles ventos,
os que te trazem,
para encher de vida,
o meu peito,
seu leito, o meu coração.
Ana Laurentino. Tecnologia do Blogger.