( )

Eu aqui querendo aprender a domar os meus pensamentos, quando tudo confunde a minha mente, cada vez menos compreensível. Excitação e euforia me conturbam o raciocínio, se algum dia eu já o tive. Como som de fundo Aerosmith e um eco interminável de palavras irritantes de alguém, que o vento assopra pela janela do meu quarto. Estou imersa em mim, numa súplica de paz que cesse meus conflitos espirituais e "pensamentais". Chego a pensar que não me conheço, o que é irreal. Nem todo o conhecimento impede que eu em diversos momentos me surpreenda com o que sinto. Mas preciso dos devaneios para a vida não perder a graça, mas preciso da loucura para me manter sã.
Ana Laurentino. Tecnologia do Blogger.