Composições sem nexo

me perco no vão dos meus pensamentos
me alterno entre a dor, humor e amor
vôo em mim mesma e aterrisso num castelo de areia
desmorono, me consumo a sós
na companhia do silêncio, dos sussurros do vento
sinto a vida de mim se esvaindo
sinto os meus anseios se cessando
e a minha alma enfim, implora por um sopro renovador

...a morte.

8 comentários:

Postar um comentário

Ana Laurentino. Tecnologia do Blogger.