Tla



manter-se estático e não gozar dos prazeres ou desprezares da vida não é mesmo o meu tipo. também não faço o tipo louca sarcástica e completamente imprevisível. aprimoro-me a cada dia, na arte de ser um desencontro de ideias que se convergem numa personalidade pouco tênue. não sou uma camaleoa muito menos vivo numa metamorfose ambulante, apenas conspiro e aspiro ideias que vão se desenvolvendo, progredindo.

estou sempre na pista, baby !
e se um carro me atropelar sei que estarei pronta pra começar de novo.
starting again and again, whatever it means.
starting with the man in the mirror.

1 comentários:

Postar um comentário

Ana Laurentino. Tecnologia do Blogger.